top of page

Segunda parte do Carmen Astrologicum - Dorotheus de Sídon


Astrologia Helenística

Neste post você encontra a transcrição dos capítulos 2, 3, 4, 5 e 6 da obra Carmen Astrologicum de Dorotheus de Sídon¹ abordando os seguintes assuntos:


  • "A exaltação dos planetas"

  • "Julgamento sobre o caso do nativo ou a sua dificuldade para a sua mãe"

  • "Julgamento a respeito da criação do nativo"

  • "Sobre a superioridade das casas astrológicas"

  • "O poder dos sete planetas".



    

¹Dorotheus de Sídon (Δωρόθεος Σιδώνιος) foi um astrólogo influente que viveu no final do século I d.C. tendo escrito um poema instrucional de cinco livros sobre astrologia em grego. Seu trabalho teve um enorme impacto nas tradições astrológicas helenísticas e medievais posteriores. Sua obra original não sobrevive mais em sua totalidade, embora tenhamos uma tradução inglesa de uma tradução árabe de uma tradução persa do poema grego original, bem como fragmentos dispersos de sua obra que foram preservados por astrólogos posteriores em grego e latim.

    Sua obra é dividida em cinco livros e, portanto, às vezes é chamada de Pentateuco (literalmente, “cinco livros”). Os quatro primeiros tratam da astrologia natal e o quinto da astrologia catárquica. De um modo geral, os dois primeiros livros tratam de métodos tópicos para estudar diferentes áreas da vida do nativo, muitas vezes envolvendo o uso de regentes trígonos específicos e lotes. O terceiro livro se concentra na técnica da duração da vida, enquanto o quarto livro trata da técnica do senhor do tempo, conhecido como Profecções, bem como outros assuntos, como trânsitos e doenças. Seu quinto livro é o mais antigo e o mais longo trabalho sobre astrologia catárquica da tradição helenística. 


 


Capítulo 2

A exaltação dos planetas.


A elevação do Sol, que é a sua exaltação, dá-se nos dezenove graus de Áries, da Lua nos três graus de Touro, de Saturno nos vinte e um graus de Libra, de Júpiter nos quinze graus de Câncer, de Marte nos vinte e outo graus de Capricórnio, de Vênus nos vinte e sete graus de Peixes e de Mercúrio nos quinze graus de Virgem. A queda de cada um deles é oposta à sua elevação.


Capítulo 3

Quer ler mais?

Inscreva-se em dharmastrologia.com para continuar lendo esse post exclusivo.

170 visualizações

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Posts Em Destaque