Planetas nas Casas - o Sol


Gente boa,



Como é de costume, quero deixar claro ao leitor que características de planetas nas casas nem sempre vão fazer sentido. É que cada mapa astral é um mundo e suas características/aspectos/qualidades são matizadas pelo delineamento da carta, o que pode acabar confundindo os efeitos do planeta em questão.



O que eu quero dizer é que não é possível decifrar uma carta natal somente lendo aspectos isoladamente! O correto é abordar o mapa como um todo, observando as dignidades e debilidades essenciais, quais são os assuntos regidos pelo Sol no mapa em questão, os aspectos entre planetas e ângulos do mapa, as regências, termos, triplicidades, enfim.


É fundamental para qualquer estudante de Astrologia consultar-se pelo menos uma vez na vida com um Astrólogo profissional.



Mas por qual motivo?



Dependendo da abordagem do profissional escolhido (me refiro à didática mesmo), tal experiência poderá abrir portas para um mundo de novas percepções e compreensões tanto no que diz respeito ao estudo astrológico, quanto ao estudo de si pelo mapa.



Seja este um serviço de mapa astral, de revolução solar ou uma consulta sobre as possibilidades vocacionais, dependendo do nível de interesse da pessoa pela Astrologia, muita coisa pode ser absorvida neste contato direto com o astrólogo. Falando por mim, faço questão de abordar os pontos principais solicitados pelo consulente de maneira professoral dada a minha formação no campo da educação. Me sinto bem explicando as coisas, essa é a vedade.



A esmagadora maioria das pessoas que eu atendo, ao serem perguntadas pelo motivo que as motivou realizar uma consulta comigo, respondem: "... quero saber mais sobre mim.... ah, é por curiosidade mesmo... estive pesquisando na internet e deu pra ver algumas coisas mas nem tudo fazia muito sentido, sem falar que li coisas assustadoras... quero saber se o meu mapa é 'bom'..." etc...



Repetindo, para se compreender a influência dos planetas nas casas e "amarrá-los" num contexto geral do mapa é preciso realizar o delineamento da carta, perceber quais planetas regem quais assuntos e ver sua relação com o todo.



Estudar Astrologia em sites isolados na internet pode ser entendido como uma pessoa que busca por bulas de remédio (conteúdo astrológico) espalhadas no interior de uma farmácia (web), onde cada remédio - e suas inúmeras indicações de uso - acaba sendo adquirido sem muito critério de escolha e, muitas das vezes, a pessoa pouco ou nada entende da alquimia envolvida...



Evidente que escolher realizar uma consulta com um especialista (astrólogo) pode ser fundamental para uma melhor interpretação do estado de saúde (trânsitos planetários) da pessoa no sentido de auxiliá-la a cruzar determinada situação.



Localizando o Sol no mapa



Se você ainda não sabe onde está localizado o Sol no seu mapa, vou te dar algumas dicas iniciais. Primeiro você vai precisar de um site que levante o seu mapa. Existem vários deles disponíveis na internet e o mais indicado que eu conheço é o ASTRO.com.



Após criar uma conta, inserir seus dados como o nome, dia, mês, ano, local e horário exato de nascimento, abra o mapa e identifique este símbolo sagrado:


"O espírito eterno circunda a centelha divina que reside em cada um, dando vida e simbolizando o EU e o ego"

A representação gráfica deste símbolo é um círculo com um ponto no meio. O círculo é o símbolo universal do infinito, aquilo que não tem princípio nem fim. É a União, a plenitude e a perfeição suprema.



O ponto simboliza o princípio da criação, a origem, a Divindade.



O círculo e o ponto juntos simbolizam o início do Universo, a perfeição espiritual, a união dos elementos, a energia e a plenitude do ser completo.




O Arquétipo Solar



O Sol e seu princípio vital


O Sol é o poder de integração de si mesmo, a totalidade do ser e o princípio de individualização. É a vitalidade, a expressão máxima e íntima do EU.



O Sol está em dignidade no signo de Leão e em detrimento no signo de Aquário. Exaltado no signo de Áries e em queda no signo de Libra. Algumas palavras-chaves sobre este arquétipo são força vital; consciência; poder; princípio criativo; vitalidade; potencial; individualidade; eu; identidade; autoexpressão; autointegração; reconhecimento; o pai.



Ele é o centro do Sistema Solar e como tal, simboliza aquilo que é mais importante para nós, ou seja, a nossa identidade intrínseca. É o significador principal do dharma do indivíduo, aquilo que ele se propôs fazer quando escolheu seguir nesta senda evolutiva chamada vida.



Do ponto de vista psicológico, representa a nossa experiência do pai e sua influência (ou falta de influência) na formação do nosso caráter e na capacidade de nos expressarmos como indivíduos.



O signo onde está o Sol mostra a direção em que nos esforçamos por nos realizar. Já a casa em que está o Sol vai indicar a área específica na vida onde manifestamos a nossa identidade.



É muito forte a nossa identificação com as questões práticas representadas pela casa em que o Astro Rei encontra-se. A autorrealização vem através das matérias ligadas a esta área de casa onde o Sol está.



Segue o significado do Sol nas casas:



Sol na casa 1:


Fortalece a vitalidade e em geral favorece a prosperidade na vida da pessoa. O nativo é firme, generoso e honrado. Possui coragem e entusiasmo, dignidade e nobreza de espírito, caso o Sol não esteja aflito. O desejo de exercer o poder ou a autoridade é importante. Em geral, possui um personalidade muito acentuada e manifesta horror por tudo o que seja vulgar. São pessoas individualistas, com forte ambição para triunfar na vida. Há um desejo para se destacar e isso faz com que o nativo trabalhe muito para obter uma estima e uma distinção pessoal no meio em que vive. Por estar nos domínios de Marte, a personalidade é geralmente forte.




Sol na casa 2:


Aqui o desejo de poder tem relação com os recursos financeiro e com o êxito material. Quase sempre o nativo alcança aquilo que necessita por sua persistência ao querer aquilo que se propõe na vida. Estando bem aspectado, pressagia uma situação financeira "brilhante". Nativos com Sol na segunda casa devem aprender a usar o dinheiro construtivamente e não apenas na busca pela mera satisfação pessoal uma vez que, por serem em geral bastante generosos, possuem uma grande facilidade para gastar dinheiro com a mesma facilidade que ganham (sobretudo se estiver mal aspectado por Júpiter, Marte ou Urano). A posição por signo deste luminar pode ser uma chave para o entendimento de como a pessoa adquire e utiliza seus ganhos financeiros.




Sol na casa 3:


Na casa origem do signo de Gêmos, da comunicação, das pequenas viagens e dos primeiros estudos, o Sol fortalece o intelecto, a mente concreta e a consciência é despertada no sentido de se comunicar, seja por meior da palavra escrita ou falada. A pessoa com Sol nesta casa possui uma forte capacidade de síntese tornando-a observadora e com inclinação para as áreas científicas com facilidade para aprender. É um excelente posicionamento para o êxito profissional no que diz respeito as ocupações intelectuais, sobretudo naquelas onde a comunicação seja necessária como por exemplo, escritores ou palestrantes. Há uma tendência para a mobilidade física e a relação com os irmãos é positiva.



Sol na casa 4:


Indica personalidade reservada. Em seus primeiros anos, o nativo costuma ser apegado à mãe e à casa (fundações, família e ambiente doméstico são alguns dos temas da casa 4), por isso pode ter dificuldade de cortar o cordão umbilical, psicologicamente falando. É a casa natural de Câncer, então está ligada às emoções. Aqui, há um forte desejo de autoproteção e sentimento de apego, reflexo típico do medo de “não ter”. O Sol em casa angulares possui uma grande segurança; mas isso não acontece na casa 4. Pelo contrário, é uma posição daquilo que se oculta nas profundidades e não se mostra na superfície. É a casa das raízes do ser, por isso, para entender o que há de profundo em uma pessoa, esta é a casa a se analisar. Com o Sol na Casa 4, o nativo tende a ter sucesso um pouco mais tarde na vida e a ser uma pessoa calma e pacífica, embora isso possa levá-lo a sofrer ou ser enganado, se essas características não forem bem dosadas.




Sol na casa 5:


Posição muito boa já que esta é a casa de Leão, lar natural do Sol. Estimula e dá força para o indivíduo expressar sua individualidade, concedendo a ele capacidade para fazer coisas únicas, que as distingam dos demais. Tende a trazer relacionamentos ardentes, mas racionais, e provocar bastante atração no sexo oposto. No entanto, o Sol nesta casa é pouco favorável para filhos numerosos; ainda que esteja em um signo de água, naturalmente férteis, precisa receber bons aspectos de Vênus ou Júpiter para que isso aconteça. É também a casa da criatividade, dos prazeres e diversões, por isso, com o Sol aqui, o nativo pode ter sucesso com ocupações relacionadas ao ensino, entretenimento, teatro, TV, cinema, especulações em geral. Se mal aspectado, Sol na casa 5 pode trazer uma exagerada egolatria e desejo de poder, além de problemas com filhos e necessidade de cautela nas relações amorosas.




Sol na casa 6:


Indica que a pessoa pode sacrificar sua individualidade a fim de servir e ajudar aos outros. Esta é a casa do serviço, por isso, diminui a possibilidade de o nativo ser ambicioso; é, em geral, alguém que está aprendendo a ser humilde, e trabalha em circunstâncias modestas. É uma posição onde o Sol não tem tanta energia vital, assim, a pessoa costuma necessitar cuidar mais de seu organismo, para compensar essa falta de energia vital solar. Nesta posição, é provável que o Sol traga êxito exercendo profissões em cargos júniores ou cargos de responsabilidade. Seja como for, o trabalho será melhor executado quando feito em cooperação com outras pessoas. Esta também é a casa ligada à saúde, por isso, um Sol com maus aspectos aqui indica necessidade de maiores cuidados com doenças, especialmente as crônicas.




Sol na casa 7:

[if !supportLineBreakNewLine]A casa 7 é a casa dos “outros”, pois está exatamente oposta à casa 1, do “eu”. O Sol aqui indica que o indivíduo deve aprender a adaptar-se aos outros, caso queira que estes se adaptem a ele. Pode ser que o conjuge seja a parte mais forte da relação ou de posição social superior. A força do nativo reside exatamente nas relações com outros, indicando tendências de que a pessoa seja popular. Por ser uma casa angular, dá força ao Sol, conferindo boas relações com os outros, auxiliando o nativo a ter posição e renome, além de sorte em causas judiciais. O sucesso do nativo advém de uma luta franca e leal na vida, com a descoberta de seus inimigos. Com maus aspectos, este Sol pode trazer problemas com inimigos poderosos, autoridades e cônjuges muito ambiciosos. [endif]




Sol na casa 8:


Com o Sol na oitava casa a tendência fundamental da vida estará relacionada com a necessidade de regeneração e transformação por sua natural conexão com Escorpião, signo do pano de fundo da casa 8. Nesta casa o ego deve morrer, daí que para o nativo com o Sol nesta casa o "fluir" na vida significa uma necessária reorientação do seu ego no sentido da sociedade, pois muito do que lhe pertence (do eu pessoal) deve ser esquecido para abrir espaço para o outro. A conduta deve ser transformada pois em geral, o recurso dos outros é um fator preponderante. Em geral, pessoas com Sol na casa 8 perdem o pai (ou ele simplesmente desaparece) ou então se torna difícil ser um pai verdadeiro no sentido mais pleno da palavra. Como a casa 8 é a segunda da casa 7, que representa o(a) companheiro(a) matrimonial, o Sol bem aspectado nesta casa pode prometer uma segurança financeira no matrimônio.




Sol na casa 9:


Nesta casa a tendência é a expansão da consciência e da compreensão através de uma abertura da mente que leva a pessoa a expressar suas ideias com o uso de conceitos claros, amplos e definidos. Esta é a posição do Sol dos religiosos, dos filósofos, dos grandes educadores e daqueles que tratam de publicar ou informar o público sobre as verdades superiores. É a posição do signo de Sagitário, portanto, capaz de fazer com que a pessoa viaje por muitos países não somente fisicamente, mas também de maneira lúdica, literária, imagética, posto ser impossível conhecer os limites na busca pela verdade com este posicionamento solar. Uma vez convencido de que tenha encontrado as respostas adequadas para as suas perguntas, esta pessoa necessita compartilhar seu conhecimento com quem deseja escuta-lo.




Sol na casa 10:


Há um forte desejo de brilhar. O plano material é algo muito importante para o indivíduo com o Sol nesta casa. É uma posição que assegura o êxito na vida porque fora a ambição material, o impulso fundamental de uma pessoa com este posicionamento do Sol é obter prestígio e poder. A pessoa pensa em função social, distinções, empregos importantes e favorece em geral o contato com os superiores. Existe a possibilidade de que uma pessoa humilde de nascimento cresça e apareça por conta de suas condições inatas para brilhar no mundo, sobretudo se o Sol encontra-se aspectado pelo ascendente. Há uma tendência para dar prioridade absoluta ao progresso de sua carreira e por isso é provável que se destaque mesmo que a conquista da fama e da fortuna requeira sacrifícios por parte do casamento e da sua vida privada.




Sol na casa 11:


Com o Sol nesta casa a pessoa se beneficiará dos amigos e de pessoas que lhe querem muito bem. O nativo vai gozar de sorte trabalhando em grupos e pode tomar a posição de líder reponsável, seja em terreno da política ou em qualquer outra associação como clubes, instituições culturais ou científicas. Sendo esta a casa dos fins e objetivos ou dos desejos e esperanças, muito do que se consegue é através dos amigos. Seu enfoque na vida é liberal e de amplitude mental. De fato estas pessoas se identificam com tantos pontos de vista que acaba se tornando difícil explicar que os outros apreciam suas atitudes como únicas e exclusivas. São humanitários por excelência e populares dada a correspondência com o signo de Aquário, pano de fundo da casa 11.




Sol na casa 12:


Esta é a casa da mente subconsciente. É a nossa parte desconhecida que está submergida e oculta nas profundezas do nosso ser. De um ponto de vista cármico, mostra o que trouxemos da vida passada para elaborar e resolver nesta vida presente. Com este posicionamento, o nativo geralmente atua de maneira mais dissimulada do que direta e as limitações que esta pessoa passa na vida estão diretamente ligadas com uma má utilização das energias. Existe um profundo desejo de paz e solidão que incide naturalmente na vida da pessoa para que ela possa ter uma vida mais contemplativa. Em geral, pessoas com luminares ou planetas pessoais nesta casa devem se dedicar de algum modo ao serviço social, auxiliando os menos favorecidos. É a posição do "servir ou sofrer", daí que a pessoa precisa escolher entre esses dois caminhos.




Se você quiser uma abordagem mais aprofundada sobre os aspectos do Sol no seu mapa, marque uma consulta comigo. Será um prazer atendê-la(o)! Maiores informações podem ser obtidas através da aba SERVIÇOS, ou caso você tenha alguma dúvida sobre o procedimento de consulta, contate-nos através da aba CONTATOS.



________

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
© Copyright 2020 - Dharma Astrologia