top of page
  • Foto do escritor

O Mundo Astral de Pessoa: A Heteronímia

Afinal, seria Fernando Pessoa um Astrólogo Poeta ou um Poeta Astrólogo?



Nem toda a gente sabe mas Fernando Pessoa, renomado poeta português, foi também um grande estudioso do ocultismo, maçom e Astrólogo que sabia utilizar os ensinamentos de uma sabedoria milenar no seu dia-a-dia, nos seus frequentes diálogos consigo mesmo e na descoberta do interior dos outros.



A Astrologia fez parte do quotidiano do escritor, que lidava com ela de manhã, à tarde e pela noite adentro, como atestam as imagens dos diversos cálculos e estudos realizados, com indicação precisa da data e da hora em que foram feitos.


 
Mapa astral de Fernando Pessoa
Fernando Pessoa Astrólogo

Dados Pessoais: Fernando Antonio Nogueira Pessoa, natural de Lisboa, freguesia dos Martyres, prédio nº4, Largo de S. Carlos, nasceu no dia 13 de junho de 1888 às 15h20. Filho legítimo de Joaquim de Seabra Pessoa e Maria Madalena Nogueira Pessoa. Neto paterno do General Joaquim Antonio de Araujo Pessoa, combatente das campanhas liberaes, e de D. Dionysia Seabra; neto materno do Conselheiro Luiz Antonio Nogueira e de D. Magdalena Xavier Pinheiro.



Posição religiosa: Cristão gnóstico e, portanto, inteiramente oposto a todas as Igrejas organizadas, e sobretudo à Igreja Apostólica Romana. Fiel à Tradição Secreta do Cristianimos, que tem relações diretas com a Tradição Secreta em Israel (a Santa Kabbalah) e com a essência oculta da ordem Maçônica. Iniciado, por comunicação direta de Mestre a Discípulo nos treze graus menores da aparentemente extinta Ordem dos Templários de Portugal.

(Trecho de Nota Autobiográfica, 1935)



Astrologia e poesia
Mapa Natal de Fernando Pessoa

Foi precisamente a 24 de julho de 1915 que Pessoa confessou, numa carta ao editor de "A Thousand and One Notable Nativities", do famoso Astrólogo Alan Leo, o seguinte: “I am a student of astrology” (Eu sou um estudante de astrologia):



Alan Leo e Fernando Pessoa Astrólogo
Trecho da carta de Pessoa para Alan Leo solicitando o horóscopo de Francis Bacon para estudos pessoais


Neste mesmo ano, em 1915, Fernando Pessoa atribuiu a Raphael Baldaya o heterônimo que assinou muitos textos de teor astrológico, estabelecendo inclusive uma tabela de honorários que variavam entre os 500 e os 5000 réis. Sim, o geminiano Pessoa ganhou alguns tostões com Astrologia e foi igualmente múltiplo com a forma como praticava Astrologia.



Pessoa podia estar fazendo um texto ou um cálculo astrológico e, quase ao mesmo tempo, compor um texto ou criar um poema relativo à substância do planeta ou do assunto astrológico que estava pensando. Há casos em que no rosto de uma folha Pessoa estuda as características relativas a um determinado planeta do sistema solar e, no verso da mesma, compõe um texto de prosa ou poema sobre esse planeta ou sobre o mesmo assunto.

Quer ler mais?

Inscreva-se em dharmastrologia.com para continuar lendo esse post exclusivo.

5.089 visualizações
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos!
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook Basic Square
bottom of page