Aspectos Maiores


Aspectos maiores

Gente boa,



Vou abordar um assunto que muitas pessoas solicitaram através da Fanpage da Dharma Astrologia...



O S A S P E C T O S!


Um aspecto é a distância angular entre dois pontos medidos sobre a Eclíptica em graus e minutos de longitude, tal como vemos a partir da Terra.



Pode ser entendido também como interações dinâmicas entre setores da vida. Os aspectos já foram chamados de "linhas de força" entre os vários centros de energia (planetas) no campo mapeado pela carta astrológica. Neste artigo vou enfocar os aspectos mais importantes, os chamados ASPECTOS MAIORES.



Os aspectos se formam entre dois planetas ou entre um planeta e a cúspide de uma casa qualquer e produzem acentuações de características associadas com os princípios dos planetas envolvidos, chegando a estar relacionados não somente com débeis ou fortes recursos psicológicos, mas sim com significativos efeitos sobre a vida da pessoa.



Tradicionalmente divide-se os aspectos em “benéficos” e “maléficos”, mas as opiniões mudaram de uns tempos para cá. Algumas escolas consideram que é muito superficial considerar os aspectos nesse sentido, com base no que os psicólogos denominam de princípio de prazer-dor. O fato é que não necessariamente o desagradável tem que ser algo mal, nem tampouco algo positivo é sempre agradável...



Os aspectos harmônicos podem gerar maus efeitos e os aspectos desarmônicos podem, de alguma maneira, gerar efeitos positivos.



Podemos entender também que, por outro lado, os aspectos desarmônicos indicam, por vezes, desejos, enquanto que os harmônicos assinalam a "falta de desejo", ou seja, a habilidade ou a capacidade prática para a realização de algo na vida com mais facilidade. É certo que aspectos desarmônicos produzem tensão e podemos compreender, de certa forma, que uma certa quantidade de tensão é necessário para que possamos viver. Isto não quer dizer que os aspectos desarmônicos são bons, vai depender da situação do mapa em questão.



Por exemplo, quando estudamos mapas de pessoas famosas quase sempre encontramos muitos aspectos desarmônicos. Quer dizer, foi a necessidade de alcançar algum êxito que essas pessoas famosas tiveram que cruzar caminhos não muito fáceis e, através de muita luta e peleja, se destacarem na vida.



Portanto, se no seu mapa você possui mais aspectos “vermelhos” do que “azuis”, (ou seja, mais desarmônicos do que harmônicos) não fique triste ou desesperado. Eu costumo dizer que pessoas com muitos aspectos harmônicos tendem a relaxar na vida pois acabam se acostumando com as chamadas “zonas de conforto”. Ter aspectos desarmônicos indica que precisamos nos movimentar para cruzar dificuldades e ao chegarmos onde estamos querendo, a vitória se torna muito mais saborosa.


orbes planetárias

Todos os aspectos harmônicos e desarmônicos, quando utilizados inteligentemente, ajudam aos propósitos da alma (também conhecido como dharma) no sentido da nossa evolução.


Seguindo este raciocínio, a tensão é tão valiosa quanto a harmonia e do mesmo modo a destruição é também tão valiosa quanto a construção, ou seja, cada situação contém um propósito maior.



Um ponto importante é que cada aspecto precisa ser avaliado de acordo com a natureza dos planetas e signos envolvidos.





Ó R B I T A S ou O R B E S



aspectos exatos

Devemos levar em conta que a maioria dos aspectos exatos é sempre mais forte e deve receber maior atenção na interpretação do mapa. Estudantes de astrologia de nível básico fariam bem em voltar sua atenção para o aspecto ou aspectos mais reduzidos de qualquer mapa sob consideração tão logo iniciem consultas ou avaliações de mapas de terceiros.



Há livros de astrologia que consideram órbitas de até 12° graus para planetas pessoais (com exceção dos luminares) na interpretação dos aspectos, algo que eu particularmente não recomendo que seja feito. .



No caso de aspectos dos luminares (Sol e Lua), podemos considerar adotar as seguintes orbes: Para o Sol são 15° graus (ambos os lados), e para a Lua 12° (ambos os lados).



É bom lembrar que a avaliação de qualquer aspecto específico do mapa natal também precisa levar em consideração, além da natureza intrínseca dos planetas envolvidos, o fato de cada um dos planetas estar em signo compatível, ou seja, num signo que sirva de veículo para a livre expressão de sua natureza essencial.



I N T E R P R E T A Ç Ã O

interpretação de aspectos




Segundo Stephen Arroyo*, existe uma lei para interpretação dos aspectos:



Os planetas nos signos representam os impulsos básicos de expressão e as necessidades básicas de satisfação, porém os aspectos revelam a verdadeira condição do fluxo de energia e, portanto, quanto esforço pessoal é necessário a fim de expressar um determinado impulso ou satisfazer uma determinada necessidade."


Em outras palavras, um determinado aspecto não nos diz se a pessoa vai viver ou conseguir algo específico. O que ele informa, de fato, é quanto esforço será necessário, num sentido relativo, para conseguir um determinado resultado. Esta é uma diretriz de interpretação que vale a pena estudar a fundo e reter. É absolutamente crucial entender essa lei para poder interpretar os aspectos com precisão e sutileza.



A seguir, apresento algumas diretrizes para a interpretação dos aspectos maiores:




CONJUNÇÃO (0º)


conjunção

Neste aspecto os princípios de ambos os planetas se mesclam para reagir ou modificar-se entre si. Por exemplo, uma conjunção de Sol e Marte acrescenta força vital e física. De Mercúrio com Vênus promove uma reação mental e emocional que atuam juntas. Na conjunção é importante saber se os planetas são ou não compatíveis em sua natureza essencial. A conjunção pode ser favorável ou desfavorável, dependendo da natureza dos planetas envolvidos sendo sempre dinâmica ao invés de passiva e geralmente possui relação com acontecimentos ou mudanças na vida da pessoa. Trata-se de um aspecto forte e pode ser um tanto dificultoso na vida de uma pessoa quando a natureza dos planetas envolvidos não é compatível. Qualquer conjunção num mapa individual deve ser considerada importante, visto que indica fusão e interação de duas energias vitais. As conjunções mais fortes de todas são as que envolvem algum dos planetas pessoais (Sol, Lua, Mercúrio, Vênus e Marte) ou o ascendente. Essas conjunções sempre caracterizam modos de fluxo de energia e expressão pessoal particularmente fortes (de acordo com o planeta e o signo) e ênfase predominantes na vida da pessoa (de acordo com a casa). A palavra-chave da conjunção é AÇÃO e AUTOPROJEÇÃO.




SEXTIL (60º)


sextil

Trata-se de um aspecto forte, embora não tanto quanto o trígono. É de natureza benéfica e harmônica porque conecta signos compatíveis. O sextil parece ser um aspecto de abertura para o novo: novas pessoas, novas ideias, novas atitudes. Simboliza o potencial para estabelecer novos contatos, com pessoas ou com ideias, que podem acabar levando a um novo aprendizado. Representa abundância de oportunidades, ideias e projetos. O sextil mostra uma área da vida na qual a pessoa pode cultivar não apenas um novo nível de compreensão, mas também um maior grau de objetividade, capaz de gerar uma sensação de grande liberdade. Indica uma sintonia automática e natural, e às vezes uma habilidade específica. Representa também circunstâncias em que a pessoa deve exercer certa energia a fim de tirar vantagem da situação que se oferece.




QUADRATURA (90º)


quadratura

Trata-se de um aspecto tenso, pois geralmente envolve signos que não são compatíveis. É um aspecto de conflito interno, mas também de ação e decisão. Pode ser uma fonte de energia com a qual o indivíduo pode vencer suas desgraças e infortúnios, bem como superar suas debilidades e insuficiências pessoais associadas a este fator. As energias planetárias unidas por quadratura são tremendamente dinâmicas e significadoras de mudanças. É um aspecto de resistência e fricção e quando dois planetas se aspectam por quadratura significa que suas energias resistem entre si e são de alguma maneira obrigadas a encontrar uma resolução. A quadratura geralmente envolve planetas em elementos desarmônicos, assim, a integração de energias tão contrastantes exige um esforço significativo. Qualquer quadratura reduzida envolvendo algum dos planetas pessoas representa um desafio maior de vida. Um aspecto de quadratura mostra onde a energia precisa ser liberada, usualmente através de algum tipo de definido de ação, para que possa ser montada uma nova estrutura. Muitos astrólogos escreveram que o aspecto de quadratura tem a natureza de Saturno: representa aquilo com que você precisa lidar. Outra faceta saturniana relacionada com a quadratura é o medo, pois muitas vezes receamos lidar com o que quer que esteja simbolizado pela quadratura em nosso mapa. Ter medo do desafio restringe a energia disponível para lidar eficazmente com o problema em questão, seja ele qual for.




TRÍGONO (120º)


trígono

É um aspecto muito poderoso. Relaciona os signos que são harmônicos entre si por ser de mesma triplicidade. É um aspecto de criatividade e expansão, o mais afortunado de todos. As energias unidas por este aspecto não oferecem resistência e pode-se dizer que o trígono produz um estado de equilíbrio após um desequilíbrio, como pode ser observado nos trânsitos. Pessoas com muitos trígonos em seu mapa natal são mais difíceis de se transtornar, resistem mais às agitações e tensões e não por falta de sensibilidade. Ao mesmo tempo, muitos trígonos também pode significar uma pessoa com caráter débil, sobretudo quando tudo (o dinheiro particularmente) chega facilmente e não há necessidade de que seja realizado nenhum esforço pessoal para alcançar um objetivo. O aspecto de trígono representa um fluxo desenvolto de energia através de canais existentes de expressão. Não é preciso construir uma nova estrutura nem fazer ajustes de monta à própria vida para utilizar criativamente essa energia. Os planetas envolvidos no trígono revelam dimensões de vida e energias específicas que estão naturalmente integradas e que fluem juntas harmonicamente. Esse aspecto muitas vezes mostra uma forma de ser, e não uma forma de fazer, muitas vezes a pessoa não dá importância às capacidades e talentos mostrados pelo trígono e, assim, às vezes não se sente desafiada a fazer o esforço necessário para usar construtivamente a energia.




OPOSIÇÃO (180º)


oposição

O princípio de ambos os planetas se enfrentam entre si. Pode ser o índice de fortes tensões, separação, ou até de complementação. A tensão será mais evidente se as características de um planeta são empregadas em detrimento do outro. Este aspecto é considerado por alguns astrólogos como sendo uma "chave" para a resolução de problemas internos de natureza conflitiva. Toda oposição produz instabilidade e mudanças através dos conflitos. A oposição indica um grau de superestimulação do campo de energia da pessoa, o que muitas vezes se manifesta como a sensação de estar preso entre duas tendências completamente opostas. Em geral, ela é sentida mais diretamente como um desafio constante na área dos relacionamentos pessoais. É frequente verificar-se uma acentuada falta de objetividade, já que a pessoa tende a empenhar-se numa “projeção” de diferentes lados de sua natureza nos outros. Dessa forma, existe uma certa dificuldade em discernir o que lhe pertence e o que pertence aos outros. Ter uma oposição no mapa é como ser puxado por duas tendências contrastantes e às vezes contraditórias. Os signos opostos são semelhantes sob vários aspectos e na realidade se complementam, mas não há como negar que, sob muitos outros aspectos, eles também são totalmente opostos.




INTERPRETAÇÃO DOS ASPECTOS COM O ASCENDENTE E OS PLANETAS PESSOAIS