top of page
  • Foto do escritor

Planetas em signos: como interpretá-los?


Planetas nos signos

 

É muito comum entre os neófitos estudantes de Astrologia iniciar a interpretação de mapas astrais associando um significado específico ao posicionamento de um planeta no signo e na casa astrológica. O fato é que esse procedimento nada tem de relevante para uma correta prática astrológica. Tenham em mente que a interpretação de um mapa natal não pode ser realizada como receita de bolo!



Astrologia é a arte de correlacionar o movimento dos Astros e os movimentos da Terra!



Os signos são como divisões num tabuleiro de jogo. Só se tornam relevantes na interpretação quando há algo lá posicionado. Assim, o signo tinge com suas qualidades qualquer planeta ou ponto que nele se encontre posicionado. A expressão desse planeta ou ponto é então modulada pelo signo e adquire um conjunto de características que condicionam a sua manifestação. Os planetas possuem naturezas próprias, mas o seu movimento pelos signos altera a manifestação dessa natureza.



É da combinação das naturezas dos cinco planetas e dos luminares com as doze qualidades básicas dos signos que nasce toda a diversidade de expressões da natureza. Esta pode traduzir-se nas mais variadas formas: comportamento humano, variações climáticas, eventos mundanos, etc.

Quer ler mais?

Inscreva-se em dharmastrologia.com para continuar lendo esse post exclusivo.

2.597 visualizações
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos!
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook Basic Square
bottom of page