top of page

Carmen Astrologicum - Dorotheus de Sídon (Séc I d.C.)

Vamos divulgar numa série de posts a obra Carmen Astrologicum de Dorotheus de Sídon, astrólogo do século primeiro depois de Cristo. Sua obra está dividida em 5 livros quais sejam os tópicos:



Tópico 1 VIDA - Livro 1 - Cap. 3, 4, 7 e 9

Tópico 2 RIQUEZA - Livro 1 - Cap. 10 a 12; 16; 22 a 27

Tópico 3 IRMÃOS - Livro 1- Cap. 17 a 21

Tópico 4 PAIS - Livro 1 - Cap. 12 a 15

Tópico 5 FILHOS - Livro 2 - Cap. 8 a 13

Tópico 6 DOENÇA - Livro 4 - Cap 1

Tópico 7 CASAMENTO - Livro 2 - Cap. 1

Tópico 8 MORTE - Livro 4 - Cap. 1



O restante da obra consiste em apresentar aforismos respeitantes à natividades e a perguntas horárias. Os mais diversos assuntos são tratados e nosso intuito com esta transcrição é auxiliar o estudante de astrologia a compreender o raciocínio por de trás das informações. Comentários nossos são apresentados ao final de cada capítulo.


Segue a primeira parte do LIVRO 1 - JULGAMENTO RESPEITANTES ÀS NATIVIDADES: SOBRE A CRIAÇÃO E A CONDIÇÃO DO NATIVO.





Capítulo n.º 1 - O conhecimento dos sete em longitude e latitude, e as triplicidades dos signos e os seus regentes.


Carmen Astrologicum de Dorotheus de Sidon
Capa do Livro Carmen Astrologicum

“Sempre, meu filho, antes de tudo, há que entender os sete planetas em longitude e altitude, dividir os quatro ângulos pelos graus e conhecer assim as triplicidades dos signos. Quanto às triplicidades: Carneiro, Leão e Sagitário são uma triplicidade; Touro, Virgem e Capricórnio são uma triplicidade; Gêmeos, Libra e Aquário são uma triplicidade; Câncer, Escorpião e Peixes são uma triplicidade. Conhecer os regentes das triplicidades dos signos:


Os regentes das triplicidades de Carneiro de dia são o Sol, depois Júpiter, depois Saturno, de noite Júpiter, depois o Sol, depois Saturno; os regentes da triplicidade de Touro de dia são Vênus, depois a Lua, depois Marte, de noite a Lua, depois Vênus, depois Marte, e em Virgem há também uma parte para Mercúrio; os regentes da triplicidade de Gêmeos de dia são Saturno, depois a Lua, de noite Marte, depois Vênus, depois a Lua.


Afirmo que tudo o que é decidido ou indicado o é pelos regentes das triplicidades quem o decide, e tudo o que são aflições e angústias que atingem as gentes do mundo e a totalidade dos homens, são os regentes das triplicidades quem o decide, num eclipse do Sol ou da Lua, em que indicam as coisas que acontecem e quanto tempo durarão e de que tipo serão. Se o Sol se eclipsar, o seu eclipse é de duas horas e a cada hora é um ano; quanto ao que é indicado por um eclipse da Lua quando o seu eclipse é de duas horas, cada hora é um mês. Se o Sol se eclipsar em Áries, digo que esta angústia e aflição se dá entre ovelhas. Se é Sagitário, digo que se dá entre cavalos de trabalho ou entre cavalos; se é em Leão, digo que se dá entre leões; e do mesmo modo se diz em todos os tipos de signos.


Quer ler mais?

Inscreva-se em dharmastrologia.com para continuar lendo esse post exclusivo.

355 visualizações

Comments

Couldn’t Load Comments
It looks like there was a technical problem. Try reconnecting or refreshing the page.
Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga-nos!
  • Instagram
  • YouTube
  • Facebook Basic Square
bottom of page