Saturno nas Casas

Neste artigo, apresentaremos o significado deste planeta nas doze casas astrológicas tomando como base alguns aforismos de autores clássico da astrologia helenística, incluindo comentários nossos. Vale lembrar que os aforismos transcritos neste texto não devem ser levados ao pé da letra. Somente através de um delineamento mais preciso é que temos a possibilidade de testemunhar com mais propriedade a respeito das implicações de Saturno num mapa de natividade.


Saturno por Hans Ladenspelder

Saturno é o planeta mais distante das esferas celestes visível a olho nu. Por ser um planeta excessivamente Frio e Seco, está relacionado com limitações e restrições.


Saturno é contrário à vida, representa o decaimento sendo chamado de maléfico maior pelos antigos. Vettius Valens em sua obra “Anthology”, pontua: “(...) Saturno também causa humilhações, lentidão, desemprego, obstáculos nos negócios, ações intermináveis, subversão de negócios, segredos, prisão, cadeias, mágoas, acusações, lágrimas, luto, captura, exposições de crianças”.


Saturno simboliza um processo psíquico, assim como uma qualidade ou tipo de experiência. Ele não é simplesmente um símbolo de dor, de restrição e de disciplina, mas também um símbolo do processo psíquico, comum a todos os seres humanos, por meio do qual um indivíduo poderá utilizar as experiências de dor, de restrição e de disciplina como um meio de ampliar a sua consciência e seu desempenho.


O processo psíquico que Saturno simboliza parece ter algo a ver com a realização dessa experiência interior de integração psíquica dentro do indivíduo. Por outras palavras, Saturno está relacionado com o valor educativo que adquirimos de outros, e valores interiores, aqueles que trabalhamos para descobrir dentro de nós mesmos.


O papel de Saturno enquanto Fera é um aspecto indispensável do seu significado, pois, conforme nos relata o conto, a Fera só pode se libertar do encantamento e se transformar em Príncipe quando for amada por aquilo que ela é. Pelo signo e pela casa que ocupa, Saturno indica aquelas áreas da vida nas quais é provável que o indivíduo venha a sentir-se frustrado em sua auto-expressão, e onde é muito provável que ele sofra decepções e enfrente dificuldades.




Saturno na Casa 1

A casa 1 é um ângulo importante no mapa e tem como cúspide o próprio ascendente. O ascendente é o princípio da individualidade do mapa, marca a hora de nascimento de uma pessoa ou de um evento e, portanto, é a base do mapa astrológico. A casa 1 representa o indivíduo e todas as condições que rodeiam o indivíduo. Se refere tanto à sua aparência como às suas motivações e objetivos.


Segundo Firmicus Maternus, “Saturno, quando localizado durante o dia no ascendente, trará o nativo à vida um grande grito".

Saturno na casa 1 ponde indicar, para além de outras questões, dificuldades no nascimento posto esta casa relacionar-se com o próprio corpo físico. De modo geral - e a depender de outras questões, Saturno na casa 1 se estiver debilitado (em queda, exílio, ou recebendo aspectos de Marte) torna o nativo pesaroso, com inclinações pessimistas, aquela pessoa de "fachada" reservada e fria.

Em sua obra Astrologia Cristã, William Lilly acrescenta: "Modos e atos, quando Saturno está bem dignificado - É então profundo na imaginação, severo em seus atos, reservado nas palavras, muito parco no falar e no dar, paciente no trabalho, grave na argumentação e na disputa, estudioso e solícito na obtenção dos bens desta vida, austero em todo o tipo de atos. Quando mal dignificado - é então invejoso, ambicioso, ciumento, dissimulado, preguiçoso, suspeitoso, teimoso, desdenhoso das mulheres, mentiroso, maldoso, maledicente, nunca contente, sempre queixoso. Corpo físico - Na maioria das vezes o seu corpo é frio e seco, de estatura média; a sua tez é pálida, escura ou lamacenta, os seus olhos pequenos e pretos, olhando para baixo, uma testa ampla, cabelo preto ou escuro, áspero ou grosseiro, grandes orelhas, sobrancelhas baixas e descaídas, lábios e nariz grossos, uma barba esparsa ou rala, um rosto pesado, desagradável, caminhando com a cabeça para frente ou encurvando-a, os seus ombros são largos e grandes, e muitas vezes curvos, a sua barriga um tanto curta e flácida, as suas coxas secas, magras e curtas; os seus joelhos e pés indecentes, muitas vezes arrastando-se ou batendo um contra o outro".


Saturno na Casa 2


A casa 2 é quem “suporta” a casa 1, o ascendente, sendo, portanto, chamada de casa sucedente. Seu significado está relacionado com a substância, os recursos materiais do nativo. Num mapa natal representa as posses de uma pessoa, sua riqueza ou pobreza, indicando como o nativo gera os seus bens. Em Astrologia Cristã, Lilly, expõe: “Num ser humano, representa o pescoço e a sua parte posterior até aos ombros; nas cores, o verde. É uma casa feminina, chamada por alguns autores latinos Anaphora”.


Traduzindo Firmicus Maternus sobre Saturno na segunda casa, o mesmo afirma: “(...) se Saturno ocupa a segunda casa a partir do ascendente, indica sérias doenças e grandes alterações de fortuna. O nativo torna-se um agitador frequente de grande distúrbios públicos e desperdiça as suas heranças maternas e paternas. É lento em todas as suas atividades e sofre de constantes aflições físicas. (...) Saturno, na segunda casa, durante o dia, dará um lento e gradual aumento de renda. Ais nativos, torna-os reservados, reclusos, mentalmente pobres, sempre a negar que possuem alguma coisa. Alguns obterão o seu sustento de profissões aquáticas ou de negócios tendo que ver com líquidos”.


Para entender melhor o posicionamento de Saturno na casa 2 se faz necessários estudar a condição de Saturno por signo e os aspectos que ele recebe no mapa natal. Saturno nesta casa não necessariamente significa que a pessoa será pobre e infeliz financeiramente. Pode indicar, inclusive, que a pessoa é forte em suas ambições para alcançar seu próprio sustento e seus bens materiais. Porém, o dinheiro vem com muito esforço e suor. Pode trazer a sensação de limitação nos recursos, mas que talvez em nada se relacione com sua realidade financeira. Saturno na 2 bem posicionado por signo e recebendo aspecto de benéficos, pode indicar que a pessoa consegue manter seus recursos, ou seja, juntar dinheiro.


Saturno na Casa 3


Se você tem Saturno na casa 3 não se assuste com o que vai ser lido a seguir. Já adianto que é de arrepiar os pelos da nuca. Primeiramente é bom lembrar que Saturno é um planeta maléfico. Portanto, não é possível associar “rosas e doçuras” ao planeta da castração e dos limites. Outro ponto importante é lembrar que os aforismos aqui transcritos não devem ser levados ao pé da letra. Cada caso é um caso a ser analisado.


A terceira casa é cadente, masculina, representa os irmãos e no geral os parentes mais próximos. É a casa dos primeiros estudos e das viagens curtas, ou seja, dos deslocamentos a lugares mais próximos ou dentro do mesmo contexto cultural. Também o pensamento, a mente consciente e o intelecto são assuntos desta casa. Lembrando que Saturno é um planeta lento e a terceira é uma casa que se relaciona com o sentido prático das coisas. Talvez seja por isso que Firmicus afirmar que Saturno na terceira casa torna os nativos lentos e preguiçosos.


Firmicus Maternus, eminente astrólogo do período helenístico, afirma que: “Saturno, na terceira casa, torna os nativos lentos, preguiçosos, não se esforçando por obter qualquer tipo de renda. Se estiver com a Lua e Mercúrio nesta casa, os nativos serão estupidamente maliciosos, prontos a lançar palavras sacrilégias contra a divindade. Perderão sempre os seus haveres e serão ladrões, mas do tipo que nunca se tira proveito da sua ladroagem. Se Marte estiver em qualquer aspecto a eles, fá-los-á informantes, delatores, pessoas perversamente maliciosas, sempre destinadas a uma morte nefasta”.



Saturno na Casa 4


A quarta casa a partir do ascendente é também chamado de Imum Coeli – ou IC. É uma casa angular e feminina, representa as bases de um mapa. Esta casa simboliza a família de origem, mostra as propriedades de família, bens, posses, objetos de casas e tudo o que diz respeito à riqueza escondida ou recuperada. De modo geral representa os pais, mais especificamente a figura do pai, as raízes ancestrais ou qualquer questão de genealogia. Esta casa está em aspecto muito poderoso com o ascendente, uma quadratura.


Traduzindo Firmicus Maternus, “Avarentos, acumuladores de ouro e prata são os que têm Saturno durante o dia na quarta casa. Durante a noite nesta casa, faz com que desperdicem a herança paterna e indica uma morte prematura para o pai. Também provoca sérias doenças e resfriados terríveis ao nativo e traz sempre má reputação nos primeiros anos. Se Saturno estiver em conjunção com a Lua ou em oposição ou quadratura a ela, tornará os nativos estéreis. Força-os a adotar estranhos como seus filhos, ou a ter estranhos como guardiões dos seus pupilos. Deforma o corpo com doenças constantes e dores obscuras, torna a mãe viúva com pouca idade e provoca no nativo dores constantes no estômago e sérias doenças de mulheres”.


Sabemos que Saturno é um maléfico, mas sua ação é amenizada na casa 4 quando em temas diurnos, ou seja, em mapas cujo o Sol encontra-se acima do horizonte. Dá para perceber pela própria interpretação de Firmicus Maternus que Saturno nesta casa, com o Sol acima do horizonte, gera gananciosos por dinheiro. Mas tal conquista pode ser inadequada, o que significa que o nativo pode prejudicar os outros (ou a si mesmo) por conta de dinheiro ou posses. Quando Firmicus fala em “dores constantes no estômago” é porque esta casa 4 está relacionada com o nosso estômago, com a parte mais baixa do corpo, as vísceras.



Saturno na Casa 5


A quinta casa é sucedente e masculina. É também chamada de casa da “Boa Fortuna” pois aspecta o ascendente por trígono. Num mapa natal, a quinta casa tem como principal representação os filhos, a sua condição e relação com o indivíduo. Associa-se a esta casa todas as atividades lúdicas, criatividade, todo o tipo de divertimentos, assim como os prazeres, os amores, o sexo e as paixões. Expressões artísticas também estão incluídas no seu simbolismo.


Traduzindo Firmicus Maternus, “Saturno na quinta casa, se for durante o dia, fará reis e líderes, homens muito poderosos. Mas se o Sol estiver no grau do ascendente e Saturno fizer uma conjunção com a Lua crescente, indica permanente boa sorte e grande poder. Mas se Júpiter, e não o Sol, estiver no ascendente, dará magistrados de menor grau e governadores de estados particulares; mas também fará senhores de grande rendimento, de forma que dos seus próprios recursos poderão sustentar os outros. Mas o nativo viverá, frequentemente, sem companheiros e envolver-se-á em alianças sexuais indignas. Se Saturno estiver na quinta casa durante a noite, dá uma dose de boa fortuna durante um período de tempo, mas produz um homem lento em todas as suas atividades e torna a sua coragem indigna de confiança. A Lua minguante em conjunção com Saturno indica alguma perda de herança e daquilo que tiver sido acumulado na vida”.


Interessante perceber que mesmo Saturno sendo considerado um planeta maléfico, estando em casa benéfica não produz tanto pesar para o nativo. É comum em meus atendimentos perceber que mulheres com Saturno nesta casa evitam a gravidez. A depender de outros fatores do mapa astrológico, é mais comum a pessoa querer adotar do que propriamente gestar uma criança. Ter filhos pode ser um desafio, ou por outra, um divisor de águas na vida do nativo.



Saturno na Casa 6


A casa 6 é uma casa que não aspecta o ascendente. É o declínio de um ângulo, sendo assim, versa sobre assuntos mais pesados como doenças e enfermidades. Na antiguidade a sexta casa era associada aos escravos e na contemporaneidade, associa-se à nossa rotina diária. Para Firmicus Maternus, a casa 6 é chamada de “Mala Fortuna”, porque é a casa onde Marte se jubila. É também considerada a casa dos animais de pequeno porte. As casas cadentes representam banimentos, exílio.


Na tradução de Firmicus Maternus, “A destruição de toda a herança é indicada por Saturno na sexta casa. Dá sempre um mau augúrio nesta casa. Traz doenças, especialmente se a Lua minguante está em conjunção com ele, ou em oposição ou quadratura. Isto produzirá homens que são azarados, instáveis, de má reputação, nunca capazes de se estabelecer num lugar. Mas se, quando Saturno está na sexta casa, Marte estiver em oposição ou quadratura, ou em conjunção com ele, isso produzirá dores ocultas no corpo, disenteria e tuberculose; se não houver nenhuma influência de um planeta benéfico, o nativo morrerá destas doenças”.


Não é um bom presságio possuir planetas pessoais na casa 6. Saturno nesta casa faz com que a pessoa tenha dificuldades par a obter o seu próprio sustento. O aspecto de Marte com Saturno nesta casa debilita ainda mais o que Saturno representa. O outro motivo é que esses planetas são de sectos diferentes. Marte é um planeta contrário ao secto de Saturno. Marte é noturno e Saturno um maléfico diurno. Quando planetas de sectos diferentes relacionam-se entre si, tornam seus significados mais pesados.



Saturno na Casa 7


A sétima casa é cardinal, um ângulo importante do mapa. Trata-se da casa dos relacionamentos, do casamento, das parcerias e dos inimigos declarados. É uma casa ambígua pois se opõe ao ascendente sendo, portanto, nociva. É neste ângulo, a casa 7, que o Sol se põe. Por este motivo alguns autores associam-na com o “fim da vida”, entretanto, esta casa pode ser melhor compreendida como o contexto do final de vida, sendo a casa 4 o ângulo que representa a “maneira” como se vai morrer.


Segundo Firmicus Maternus, “Saturno na sétima casa, ou seja, no descendente, se for numa ascensão matinal ou num mapa diurno, será favorável e dará grandes posses, mas apenas quando for alcançado o limiar da velhice. Nesta casa, adjudica uma longa velhice e faz do nativo um guardião de dinheiro. Mas prediz dores ocultas no corpo, hemorroidas ou dolorosas contrações dos músculos. Se Saturno estiver nesta casa, numa ascensão vespertina, provoca fístulas anais e hemorroidas, especialmente se Marte estiver em aspecto. Os nativos sofrem de descargas e têm frequentemente abcessos. Estão sempre desgostosos pelo estado muito doloroso de das suas esposas (ou maridos)”.


Vale salientar que a tradução desse aforismo não simboliza uma verdade absoluta. Lembre-se que Saturno é um maléfico e mesmo que numa determinada casa ele prometa algum benefício, o mesmo será concedido em troca de alguma situação difícil. Por exemplo, conforme a citação do aforismo de Firmicus Maternus, uma pessoa com o mapa diurno e Saturno na casa 7 ganha posses, porém, só na velhice.



Saturno na Casa 8


A oitava casa mundana é cadente e maléfica, assim como as casas 6 e 12. Trata de assuntos densos como morte, dinheiro dos outros (de parceiros e/ou heranças), angústia da mente, medos e ansiedades. É também chamada de ‘Portal do Inferno’ (Epicataphora). Segundo Al-Biruni, esta casa também fala sobre envenenamento, despesas e pobreza.


Traduzindo Firmicus Maternus, “Saturno na oitava casa, se for durante o dia, dá um aumento de renda durante um período de tempo. Se estiver na casa ou nos termos de Marte, indica, para alguns, uma herança resultante da morte de estranhos. Mas se estiver nesta casa durante a noite, a herança será perdida. Se a Lua estiver em oposição ou quadratura, é mau augúrio; é também mau se, quando Saturno estiver nesta casa, a Lua estiver na casa de Saturno e em aspecto como antes. Se Marte estiver em qualquer aspecto à Lua assim posicionada com Saturno, é indicada uma morte violenta. Mas se Marte estiver nesta posição e Júpiter estiver em aspecto favorável à Lua e a Saturno, a probabilidade é de expectativas favoráveis em vida; mas os nativos estarão sempre inseguros no respeitante às afeções das suas esposas”.


Percebe-se que mesmo Saturno mesmo sendo um maléfico e situado numa casa maléfica (casa 8), em mapa diurno, concede benefícios para o nativo. Em posts anteriores desta série algumas pessoas comentaram que os significados de Saturno estão muito pesados ou fora da realidade. A verdade é que trata-se de um maléfico e que os antigos não poupavam em suas palavras.




Saturno na Casa 9


A nona casa zodiacal é cadente, masculina, considerada como lucrativa por formar um aspecto harmônico de trígono com o ascendente. Está associada ao conhecimento e aos assuntos de religiosidade, espiritualidade e viagens distantes. É também conhecida como sendo a casa de Deus, pois o Sol se jubila nesta casa. Representa também o conhecimento superior, livros, universidades e professores. O mundo onírico também está associado a esta casa, bem como a própria astrologia e demais oráculos.


Traduzindo o texto de Firmicus Maternus, astrólogo renomado do século IV, “Saturno na nona casa dará mágicos famosos, filósofos de renome, ou sacerdotes do tempo, conhecidos pela sua reputação na magia. De acordo com a natureza dos signos, dá videntes, adivinhos e astrólogos. Estes são sempre excepcionais nas suas respostas. Alguns realizam os ritos dos templos ou estão encarregados dos rituais. Por vezes, tornam-se filósofos de cabelos compridos ou intérpretes de sonhos. Saturno nesta casa, durante a noite, indica a ira dos deuses e o ódio dos imperadores, especialmente se a Lua minguante estiver a aproximar dele de qualquer modo. Mas são auguradas as maiores desgraças da parte dos deuses ou do imperadores se Marte, a partir de qualquer direção, fizer aspecto a Saturno e à Lua”.


Saturno na casa 9 em mapas noturnos tende a ser mais maléfico quando aspectado por Marte ou pela Lua (minguante), conforme o aforismo. Para que essa condição indesejada seja mitigada, devem existir outros aspectos de planetas benéficos com Saturno. Quantos mais aspectos harmônicos, melhor. Uma delas pode ser a presença de Saturno em seus próximos termos, ou em Libra, signo onde o maléfico se exalta.



Saturno na Casa 10


A casa 10, ou Meio do Céu, é a casa mais elevada do horóscopo. Associa-se ao poder temporal às figuras de autoridade. É a casa dos projetos da vida, significadora da vocação do nativo, sua carreira e profissão. Esta casa dá indicações sobre a natureza e a qualidade da profissão do nativo. Simboliza também a vida pública, a fama e o impacto social. Pela tradição está associada à casa da mãe, assim como a casa 4 (oposta), à casa do pai.


O texto de Firmicus Maternus sobre Saturno na Casa 10 é o maior de todos, sendo assim, traremos somente uma parte. Segundo o autor: “Imperadores, generais e prefeitos pretorianos são a indicação de Saturno na décima casa, ou seja o MC. Se Saturno estiver no MC durante o meio dia, e na sua exaltação com o Sol no ascendente, dará lavradores respeitáveis, de bom caráter, mas ricos, cujos bens ficam perto do mar, rios ou lagos. Dará também amplo rendimento, grande glória e a herança de importantes pessoas, especialmente se Marte não estiver em aspecto. Mas se Marte estiver fortemente aspectado, diminuirá esta boa fortuna.


Saturno durante a noite no MC indica desgraças: perda de heranças, ausência de casamento, negação de filhos, especialmente se estiver na casa ou nos termos de um planeta maléfico. Mas se um planeta benéfico, ou seja, Vênus ou Júpiter, estiver em aspecto favorável e Saturno assim localizado durante a noite, aquelas coisas que tinham sido negadas serão dadas de outro modo. Mas geralmente, Saturno durante a noite em qualquer ângulo indica as maiores desgraças. Destrói cônjuges e filhos e prediz sempre desgostos devido à perda de parentes”.


Esta é a tradução de um trecho do livro “Matheseos” do astrólogo Firmicus Maternus (século IV dC). Para se dar testemunhos mais precisos sobre Saturno na Casa 10 é preciso observar o mapa como um todo.




Saturno na Casa 11


A casa 11 é uma casa considerada afortunada, sendo chamada de casa do “bom espírito” (agathodaimon). Representa os amigos e aliados, aqueles que apoiam e auxiliam o nativo, bem como o tipo de relação mantido com eles. É considerada uma casa de esperanças, sonhos e expectativas. Alguns autores também associam esta casa a fé, não necessariamente no sentido religioso do termo, mas como uma expectativa otimista perante a vida. Confiança e reconhecimento social também são temas desta casa.


Sobre Saturno na décima primeira casa, traduzindo Firmicus Maternus em seu livro Mathesis, “Boa sorte moderada é a indicação de Saturno na décima primeira casa. Quando uma importante promoção está destinada ao nativo, este receberá a mesma posição que o seu pai ocupava, mas só depois do seu trigésimo ano. Antes do seu trigésimo ano, tudo o que alcançar poderá ser perdido, não alcançará posição nem posses até depois do seu trigésimo ano”.


É sempre benéfico para o nativo ter planetas na décima primeira casa. Mesmo que o planeta esteja impedido, ou seja, recebendo aspecto de maléficos, o máximo que pode acontecer é o planeta ter seus benefícios cancelados. Lembrando que é nesta casa que Júpiter se alegra (júbilo). A interpretação de Firmicus Maternus para Saturno na décima primeira casa é a menor de seus escritos. Saturno numa casa lucrativa como a décima primeira dá coisas boas, mas com alguma cobrança. Sendo assim, segundo Firmicus Saturno na 11 só vai conceder alguma coisa boa para o nativo após os trinta anos.



Saturno na Casa 12


A décima segunda casa é a casa das prisões e das limitações, sendo frequentemente denominada o “mau espírito”. Em mapas natais representa sempre situações que limitam e condicionam o nativo. De modo geral está associada à tristezas, lamentos, tribulações e aflições. É a casa dos inimigos ocultos, ou secretos, ou seja aqueles que não sabemos ser nossos oponentes. Assim, as invejas, as conspirações, as traições e os atos de sabotagem estão associados a esta casa. Outros temas importantes como atos ilícitos, clausuras e situações de isolamento em geral são temas também relacionados à casa 12.


Traduzindo a obra de Firmicus Maternus, Saturno na décima segunda casa “Indica uma sublevação de escravos, ou crises devido a escravos. Pode também reduzir o nativo à escravidão. São indicadas grandes doenças e sérias aflições, especialmente se a Lua fizer qualquer aspecto e não houver qualquer planeta benéfico em qualquer ângulo. Mas se houver algum planeta benéfico em qualquer dos ângulos, os males descritos serão mitigados. Todos eles serão mais leves se Saturno estiver nesta casa durante o dia, mas mais fortes se for durante a noite”.


Planetas na casa 12 podem sinalizar, para além de outras questões, a gestação do nativo, se houve alguma dificuldade no nascimento ou algo deste gênero. O eixo casas 12/6 relaciona-se com assuntos mais pesados, haja visto tratar-se das casas do júbilos dos maléficos, Saturno e Marte respectivamente. A casa 12 é uma casa de humilhação e Saturno, mesmo em júbilo nesta casa, não facilita. Evidente que cada caso é um caso, a depender dos aspectos que Saturno recebe o contexto pode variar.


Por Patrick Mesquita.

@dharmastrologia


#astrologia #saturno #saturnonascasas #ancient #astrology #castracao #limites #autodescobrimento #mapanatal #dharmastrologia



** Para mais informações sobre consultas astrológicas acesse o menu AGENDAMENTO do site ou entre em contato via whatsapp pelo número +351 919 624 938.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
© Copyright 2020 - Dharma Astrologia