Sobre a utilidade e o "acreditar" em Astrologia

March 17, 2019

Vivemos em um sistema solar, não estamos fora dele. Parece razoável entender que as leis que regem e organizam esse sistema, de algum modo, se manifestem em nós seres humanos limitados. Porém, essa manifestação – ou influência – é de natureza genérica e sentida em termos individuais.

 

 

A função por de trás de uma análise astrológica, para quem dá consultas, é compreender de que modo essas influências vão se manifestar numa dada pessoa em especial.

 

                 

Por exemplo, imaginemos que num determinado período de verão o calor esteja a 45º graus. Esse calor é um fator geral, não visa nenhum ser humano ou um animal em particular. Trata-se de um fenômeno que afeta a todos indiscriminadamente.

 

 

Entretanto, quando vamos analisar a situação de uma pessoa em concreto, posso, através do mapa natal, avaliar e verificar as consequência desse calor na vida de um consulente e, inclusive, trazer algumas previsões de como aquele calor vai se manifestar em sua vida.

 

 

Mas eu não acredito em astrologia nem em coisas sobrenaturais, no oculto, etc.. Vale a pena marcar um atendimento?

 

 

Atenção, astrologia não é questão de se acreditar ou não! Não é conto de fadas! O mal da humanidade é a falta de conhecimento. O sobrenatural e o oculto são apenas aquilo que ignoramos. A magia é uma tentativa de se obter por meios fantasiosos aquilo que não se conseguiu pela inteligência e pela força de vontade. Para mim, a astrologia não é matéria de fé nem de crença, não é magia nem religião, não é sabedoria oculta ou divina. Ela é, sim, um meio, um instrumento que utilizo para conhecer melhor as pessoas, para compreender as fases de suas vidas e o seu tempo interior, para orientar e aconselhar, para auxiliar a tomar as melhores decisões possíveis.

 

 

 

A astrologia é uma técnica, um sistema que nos dá um mapa sobre os caminhos da nossa vida, tal como um mapa das estradas ou o mapa de uma cidade. Não me passaria viajar pela Europa sem antes consultar um bom mapa. Porquê? Porque isso antecipa o conhecimento das estradas, das cidades e dos países e, com isso, aumenta a minha capacidade de escolher com consciência e liberdade: quero saber e decidir para onde vou!

 

 

 

Meus atendimentos baseiam-se prioritariamente na análise do mapa de nascimento (também conhecido como mapa de natividade, mapa astral, mapa natal ou radix), na posição relativa dos planetas e nas relações que eles estabelecem entre si. A partir disso levanto um quadro com as características dessa pessoa, suas forças e fraquezas e, através de técnicas preditivas, os momentos mais importantes e os prováveis acontecimentos nas mais diversas áreas da vida. A tendência é utilizar uma linguagem mais simples, sem muitos jargões técnicos, uma linguagem dirigida à pessoa que está à minha frente sempre adequando o meu discurso ao nível de formação e interesses da pessoa.

 

 

Para além da análise astrológica, meus atendimentos baseiam-se nos meus estudos pessoais sobre programação neurolinguística, estudos filosóficos e musicais. Sim, musicais! Sou graduado em música com mestrado em ensino de música. Evidente que não vou falar sobre campo harmônico nem muito menos sobre contraponto numa consulta, mas é evidente que Música e Astrologia são artes muito semelhantes. Para maiores informações sobre esse assunto consulte no google por Marsilio Ficino. Também me interesso por saúde e qualidade de vida por buscar viver em equilíbrio comigo, com os outros e com a Natureza. Por vezes, quando julgo útil, encaminho as pessoas que me procuram para outros profissionais como médicos, psicólogos, psiquiatras, naturalistas, advogados, a depender, evidente, de cada caso.

 

 

O objetivo dos atendimentos astrológicos é ser útil a quem me procura. Sem julgamentos nem moralismo, sem a pretensão duma sabedoria superior que tudo conhece. Meu saber é apenas humano, baseado nos meus estudos, na minha experiência de vida e inteligência, na capacidade de compreender, de orientar e aconselhar os outros. Durante a consulta procuro abrir novas perspectivas sobre cada um, sobre suas potencialidades, sobre as fases da vida, sobre os desafios que inevitavelmente surgem, sobre o modo de lidar com as crises e com as decisões difíceis, com o seu próprio tempo interior.

 

 

Marque uma consulta, investigue-se, busque conhecer-se a nível mais consciente e profundo. Muitas pessoas preferem não pensar muito sobre si próprios, não se analisam, não possuem noção das possibilidades que deixam passar em branco. Acham que quanto menos sabem, mas feliz se é.

 

 

A minha perspectiva não é essa e caso a sua também seja diferente, estamos num provável caminho positivo! 

 

 

Bem hajam!!!

 

 

Patrick Mesquita

Astrólogo Tradicional

 

 

** Para maiores informações sobre consulta clique AQUI, ou caso deseje tirar alguma dúvida específica, entre em contato diretamente pelo whatsapp +351 919 624 938. 

 

 

 

 

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Olhar Astrológico: Angelina Jolie

February 6, 2020

1/10
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square
© Copyright 2020 - Dharma Astrologia